sexta-feira, 9 de março de 2012

AMARGURA, O PECADO MAIS CONTAGIOSO

AMARGURA, O PECADO MAIS CONTAGIOSO


Nosso desejo com esta publicação é que através da luz da palavra de Deus venhamos nos Arrepender, e O Senhor venhaSarar as feridas em nossos Relacionamentos.


Amados, a amargura é um dos pecados mais comuns não somente na Sociedade mas tambem na igreja.

Quase todos temos sido ofendidos, e uma e outra vez chegado ao ponto de amargura.

Nos casamentos experimentamos ofensas continuas, entre pais e filhos, patrões e empregados e também na vida da igreja há muitas ofensas.

Sendo assim a amargura é o pecado mais fácil de se justificar e o mais difícil de diagnosticar, porque é aceitável justificá-lo diante dos homens e também diante mesmo de Deus.

Ao mesmo tempo é um dos pecados mais comuns, perigosos e prejudiciais e como veremos o mais contagioso, e o que tem causado muitos sofrimentos e derrotas nos meio da Igreja e tb da sociedade.

A nossa intenção hoje, é que possamos nos dar conta de queamargura é um pecado e que possamos abrir os nossos corações e encontrarmos o perdão e a graça que O nosso Deus oferece, para sermos Sarados de nossas feridas.

A DEFINIÇÃO DE AMARGURA

No grego “AMARGURA” provem de uma palavra que significa ferir. Sua raiz hebraica, traz a idéia de algo pesado.

Dai surge o conceito de amargura ser algo forte e pesado que fere até o mais profundo do nosso coração.

A amargura não ganha lugar imediatamente quando alguém nos ofende, mas é uma reação não bíblica (é pecaminosa). A amargura é a nossa reação a uma "ofensa" ou uma situação difícil que de modo geral é injusta.

Não importa se a ofensa foi intencional ou não, se o ofendido não consertar a situaçao com Deus, a amargura o induzirá a imaginar mais ofensas da mesma pessoa.

A amargura é uma maneira de responder, que com o passar do tempo pode converter-se num estilo de vida.

Os companheiros da amargura são: a auto-compaixao, os sentimentos feridos, a indignaçao, o ressentimento, o rancor, a vingança, a inveja, a calunia a maledicência e as fofocas .

A AMARGURA é o resultado de sentimentos muito profundos, talvez os mais profundos da vida, e por isso devemos tomar muito cuidado no nosso dia a dia.


Há tres razões do porque é tao difícil de arranca-lo:


o ofendido considera que a ofensa é culpa de outra pessoa ( e muitas vezes está certo) e o argumento é o seguinte: ele ou ela deve vir e me pedir desculpas e se arrepender diante de Deus. Sou uma vítima.

A tendencia é de sentirmos culpa quando cometemos pecado, embora não nos sentimos por havermos nos amargurado quando alguém pecou contra nós.

Pela pessoa se sentir vítima a impede de sentir o sentimento de culpa.

Entao, este pecado é muito fácil de justificar.

Quase ninguém nos ajuda a retirar a amargura de nossa vida, pelo contrario, os amigos mais íntimos afirmam: “voce está certo”, “olha o que te fizeram”, o que nos convence ainda mais de que estamos atuando corretamente.

se alguém chegasse para nós e dissesse ”Amigo, voce está amargurado, isso é pecado contra Deus e voce deve se arrepender", dá a impressao que a pessoa não foi misericordiosa conosco (lembrando que o ofendido pensa que é a vitma).

É possível perder a amizade de uma pessoa amargurada por lhe haver aconselhado que arranque a amargura de sua vida. EF 4:31. "toda amargura, cólera, ira, gritaria e insulto sejam removidos do vosso meio, juntamente com toda malícia".

A amargura pode ter se acometido por ocasião de um divórcio na família, uma discussão familiar, o mau exemplo de um irmão na fé e você ainda sente por esta situaçao.

Pode advir de abusos da infância, cometido pelo pai.

Ou por violencia presenciada na própia casa.

A convivência problemática entre parentes e vizinhos.

Em regra geral nos amarguramos com as pessoas mais próximas de nós. E isto tudo é o resultado simples da nossa proximidade com estas pessoas.

AS CONSEQUÊNCIAS DA AMARGURA

Para nos enconrajar a cumprir o que está escrito em Ef 4:31 “Livrem-se de toda a amargura”…

Vamos ver as muitas consequencias (todas elas negativas) deste pecado.

1- O espírito amargo impede que a pessoa entenda os verdadeiros propósitos de Deus em determinadas situações. não tinha a menor idéia de que, por meio de seu sofrimento, o caracter de Deus estava sendo vingado diante de Santanás, enxergamos muito pouco.

2- O espítio amargo contamina os outros. Em uma das passagens mais cortantes da bíblia, o autor de Hebreus exorta:“Cuidem para que ninguem se exclua da graça de Deus; que nenhuma raiz de amargura brote e cause pertubarção, contaminando muitos” HB 12:15

A amargura nunca fica sozinha em casa; sempre busca amigos. Por isso é o pecado mais contagioso, se não o determos pode chegar a contaminar toda uma congregaçao, ou a toda uma família.

Quando uma horta é invadida por ervas amargas não se pode limpar simplesmente cortando a parte superior das plantas , cada pedaço da raiz deveria ser completamente extraida, já que de cada pequena raiz aparecerão novos brotos.

O fato das raízes não serem vistas não significava que não existiam. E ali debaixo da terra, germinavam, se alimentavam, crescem até os brotos sairem à superfície e não em um só lugar mas em muitos.

Alguns matos são quase impossíveis de se controlar se no princípio não se cortar pela raíz.

O escritor de Hebreus adverte que a amargura pode ficar abaixo da superfície, alimentando-se e multiplicando-se, porém sairá quando menos se espera.

Mesmo quando uma pessoa ofendida e amargurada enfrenta seu pecado da maneira de Deus, não necessariamente termina o problema da contaminação.

Aquelas pessoas tomaram sobre si a ofensa e pessoalmente se irritaram com seu amigo que te ofendeu, mesmo que agora voce não esteja mais amargurado.

3- O espírito de amargura faz com que a pessoa perca pespectivas. Sl 73:21-22 O salmista quando estava amargurado, disse:... fiquei como animal sem entendimento.

A pessoa amargurada toma decisões filtradas por sua profunda amargura, e não podem estas decisões procederem de Deus.

A AMARGURA deixa raízes e se converte em norma de vida, a pessoa vê, avalia, julga e toma decisões segundo seu espírito amargurado.

Note o que ocorreu com Jó: Em sua amargura culpou a Deus de favorecer os ímpios, Jó 10:1,3.(ler). " A minha alma tem tédio da minha vida; darei livre curso à minha queixa, falarei na amargura da minha alma...Parece-te bem que oprimas, que rejeites o trabalho das tuas mãos e resplandeça sobre o conselho dos ímpios?

Na ânsia de buscar alívio ou vingança, quem está amargurado invoca os nomes das outras pessoas e exagera ou generaliza: “todo mundoestá de acordo” ou “ninguém quer isto ou aquilo”

As frases ”todo mundo” e “ninguém” pertencem a raiz da palavra amargura.

Quando a amargura se torna um estilo de vida, ela se torna uma paranóia, uma esquizofrenia, o amargurado imaginava que todos estão contra ele e começa a defender-se mentalmente dos adversários imaginários.

4- O espírito amargurado se disfarça de sabedoria e discernimento. Podemos ver em Tg 3:14-15 que ele usa a palavra “Sabedoria” ao falar de algumas das atitudes mais carnais da bíblia.

" Mas se tendes AMARGA inveja , e sentimento faccioso aí há perturbação e toda obra perversa". Sabedoria, terrena, animal e diabólica, enfim o amargurado disfarça o seu falar e opiniões como se fossem com sabedoria, mas é fruto do pecado, ai daqueles que seguirem os seus conselhos.


A amargura pode atrair muitos seguidores. Quem não deseja escutar uma intriga encandecente acerca de outra pessoa? Pv18:8, 26:20-21.

" As palavra do mexeriqueiro são como doces bocados; elas descem ao íntimo do ventre"

" Sem lenha o fogo se apagará; e não havendo intriga, cessará a contenda. Como o carvão para as brasas e a lenha para o fogo, assim é o homem contencioso para acender rixas".

Nm 16:1-5

A causa que Coré apresentou pareceu justa aos ouvintes da nação de Israel, tanto que 250 líderes dos mais conhecidos da congregaçao foram enganados, por suas palavras persuasivas.

Apesar da bíblia deixar claro em Jd 8-11 que o coraçao de Coré estava cheio de amargura, nem os mais preparados o notaram.

5- O espírito amargo dá lugar ao Diabo Ef 4:26 nos diz:"Irai-vos e não pequeis não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo"

Uma pessoa que vai dormir ferida, se levanta chateada, se vai dormir chateada se levantará resentida e se vai dormir resentida se levantará ainda mais amargurada, se tornando assim um instrumento do diabo

Pedro nos diz que o Diabo está procurando alguém a quem devorar (I Pe 5:8).

Paulo nos exorta a perdoar..”Para que Satanás não tenha vantagem sobre nós pois não ignoramos a suas intenções” II Cor 2:11.

Satanás, aproveitará qualquer circunstância para nos deixar AMARGURADOS e nos dividirmos como casais, como famílias e principalmente como a expressão do corpo de Cristo Jesus nesta terra.

6- O espírito amargo faz que alguns deixem de alcançar a graça de Deus Hb 12:15, "Tendo cuidado que ninguém se prive da graça de Deus, e que nenhuma raiz de Amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem"

No contexto de hebreus os leitores estavam a ponto de voltar ao legalismo e a desprezar a graça de Deus para a sua salvaçao. Se desviando para o rituais judaicos estavam se desviando da graça de Deus e assim se contaminando (amargurados) aos olhos de Deus.

A pessoa amargurada segue o mesmo caminho que os Hebreus estavam procurando seguir, porque a amargura implica em viver com recursos próprios e não depender da graça de Deus. Tao forte é o desejo de vingar-se que não permite que Deus, por sua maravilhosa graça, aja na situaçao.

FAZENDO UM EXAME

Cada coraçao conhece a própria amargura”Pv. 14:10

"O coração conhece a sua própria AMARGURA, e o estranho não participará no intimo da sua alegria"

Antes de expor o antídoto bíblico para a amargura, vamos fazer um exame para ver se tem brotado raiz amarga em nossa vida.


· Existe em sua vida uma situaçao que aparece frequentemente em sua mente?

· Está pensando maneiras de vingar-se de alguém caso tenha oportunidade?

· Voce se lembra dos detalhes mais pequenos de um evento que te aconteceu a algum tempo?

A amargura tem uma memória de elefante, ela se lembra até dos detalhes mais insignificantes de um acontecimento.

"Rogo a Evódia e rogo também a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor". Fp 4.2

Porque nos lembramos deste tipo de detalhes com tanta facilidade? Bem, nós sempre nos lembramos das feridas, mas a razao principal é que repassamos e repassamos os detalhes.

Nas escolas também é assim, tem coisas que temos que ler, reler e ler de novo para guardar. Assim começa o nosso problema: "Não ponha o teu coração a tudo que se diz" e " O meu servo (Cristo Jesus) terá ouvido surdo"

· Voce se sente ofendido? E pelo fato de voce se sentir a vítima, justifica o ressentimento? Ai vem a frase clássica “Mas eu tenho razão”

Não há situaçao mais dificil de resolver que quando a pessoa ofendida tem razão.

· voce explode facilmente por situaçoes pequenas ou de pouco importancia?

No casamento quando um conjuge por algum motivo está amargurado,tal amargura se torna a razao das contendas frenquentes entre os conjuges, é como um vulcao esperando o momento da erupçao.

· ao ler a biblia quase que inconcientemente aplica as escrituras aos “outros” em vez de a si mesmo?


· No geral voce usa expressões como: “vocês” ou “todo mundo” para apoiar seus argumentos.

Um dos amigos mais íntimos da amargura é a fofoca. A pessoa amarga pensa que tem razao (e provavelmente tenha), ela busca outra pessoa, compartilha sua experiencia, fundamenta suas atitudes com exageros e generalizaçoes, referindo-se " a outra pessoa" ou a " todo mundo”

· quando se refere a igreja na cidade, fala de “eles” ou de “nós”? a pessoa amargurada tende a afastar-se da comunhão, quando diz “eles”, “voces” quando se refere aos membros da igreja.


MANEIRAS NÃO BÍBLICAS DE TRATAR COM A AMARGURA

Como vimos a amargura é um dos pecados mais comuns não somente na Sociedade mas tambem na Igreja.

Quase todos temos sido ofendidos, e uma e outra vez chegado ao ponto de amargura.

Muitos não tem conseguido superar uma ofensa e tem deixado crescer uma raiz de amargura no coraçao. E procurado maneiras não biblicas de solucionar o problemas, vejamos algumas delas:

1- Vingarce, a maneira não bíblica mais comum é a vingança. Voce tem aquele sentimento e aquela torcida de que mais cedo ou mais tarde aquela pessoa vai se dar mal. Ou até mesmo fazer alguma coisa para se vingar.

Mas Paulo nos exorta : Rm 12:19 " não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque esta escrito: Minha é a vingança; Eu recompensarei, diz O Senhor". A ira pertence ao Senhor.

Apesar das circunstancias, a biblia sustenta que é a vontade de Deus que não nos vinguemos por nós mesmos.

O problema de vingarmos por nossa propria conta.

a- Me coloco no lugar de Deus, pois segundo a biblia, a vingança pertence a Deus. Hb 10:30. "porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz O Senhor. E outra vez : O Senhor julgará o Seu povo".


Então, a vingança é roubar um direito que só pertence a Deus.

Querer vingança por nós mesmo é uma atitude de orgulho é o mesmo pecado que causou a queda de Lucifer. Is 14:13-14 este é um terreno perigoso."E tu dizias em teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono"

Por outro lado a ira de Deus é sempre uma ira santa. Deus não trabalhará até que voce deixe a situaçao nas mãos dele.

b- A vingança sempre complica a situaçao. Minha propria vingança provoca mais problemas, mais irritação, envenenando outros e deixando nossa consciencia contaminada.


c- Vingar por nós mesmo é um pecado contra um Deus Santo. 2 Tm 4:14 "Alexandre o ferreiro me causou muitos danos, o Senhor lhe pague conforme seus atos".

Minimizar o pecado da amargura, minimizo quando posso justificá-lo, vamos ver tres maneiras de minimiza-lo.

a- Chama-lo por outro nome, alegando que é uma fraqueza, uma falha de caracter, é uma ira santa, ou afirmando que todo mundo faz isto.

Há pessoas que se dizem muito sensíveis e como resultado estao ressentidas mas não amargas, elas devem tomar cuidado pois há uma relacão muito íntima entre sentimentos feridos e amargura.

b- Desculpar-se pelas circunstancias e assim justificar a amargura. “neste caso Deus não vai me condenar por guardar rancor no coraçao” tipo ...(meu marido me traiu) etc,

em outras palavras estamos dizendo que não há recursos espirituais que nos servem e por isso fomos obrigados a pecar.

c- Culpar o outro. Esta é sem dúvida a maneira mais frequente de eximir da responsabilidade biblica de admitir que a amargura é pecado.

Em casos extremos alguns ficam resentidos com Deus. “Não sei porque Deus me fez assim?”… “Onde estava Deus quando isto me aconteceu?...etc.

2- Uma desculpa da parte do ofensor não resolve a amargura, receber as desculpa é importante mas é preciso reconhecer que a amargura é um pecado contra Deus, e só o SANGUE de Cristo pode limpar o pecado e não um simples pedido de desculpas.


3- Pedir perdão a Deus, por estarmos amargurados com Ele, as vezes a pessoa não está em paz com sua aparencia fisica, ou outra questao física de saúde, emocional, financeira, ou material, sendo assim, precisamos pedir perdão A Deus por não entendermosporque Ele tem permitido que isto aconteça em nossas vidas.

Rt 1:13 Noemi estava amargurada contra Deus e até explicou a suas duas noras que tinha direito de estar mais amargurada que elas, pois perdera o marido e dois filhos.

Com certeza não temos que perdoar a Deus, pois Deus é bom, é Santo, é Perfeito. jamais haverá necessidade de perdoar a Deus, entretanto devemos pedir o Seu perdão por Não conhecermos a Sua vontade para aquela situação, nem entendermos os Seus caminhos.

Para TODAS as coisas …A minha graça te basta. 2 Cor 12:9

A SOLUÇAO DIVINA PARA A AMARGURA

O que fazer quando estamos amargurados:

Ver a amargura como um pecado contra Deus. Sl 51:4 " contra Ti, contra Ti somente pequei, e fiz o que é mal a Tua vista" . Ao perceber isto, devemos confessar e o sangue de Cristo nos limpara de todo pecado. I jo 1:7

Perdoar o ofensor, no mesmo contexto onde Paulo nos exorta a nos livramos de toda a amargura, e nos explica como: "perdoando uns aos outros como Deus nos perdoou em Cristo Jesus". Ef 4:31-32

Por mais horrivel que seja o acontecido, devemos perdoar, isto nos levará a pensar como Cristo nos perdoou.

O perdao não é tolerar a pessoa e seu pecado, não é fingir que a maldade não existe e passar por cima. Temos que colocar toda nossa ansiedade sobre Deus. I Pe 5:7. "Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós" e procurarmos corrigir os ofensores sem guardarmos amargura em nosso coração.

Perdoar não é simplesmente esquecer, pois isto é praticamente impossível. Mas o ressentimento tem uma memória como a de um gravador e até melhor, pois enquanto o gravador repete o que foi dito, o ressentimento faz que a cada volta na pista seja mais profunda. A única maneira de apagar o gravador é perdoar.

Podemos nos perguntar, o fato de eu me lembrar de uma situaçao quer dizer que eu não perdoei?

· É possivel, mas lembremos que "enganoso é o coração, quem o conhecerá" Jr 17:9

· Há quem deseje que lembremos de acontecimentos dolorosos do passado, Satanás, ele trabalha dia e noite para dividir casais para separar famílias, separar os melhores amigos e especialmente dividir o Corpo de Cristo Jesus, pois a igreja é uma poderosa ameaça ao reino da trevas.

. A cada vez que o acontecimentos vem a memoria devemos lembrar que satanas quer nos acusar e lembrar para nós mesmos, para que não coloquemos a situaçao nas maos de Deus e reconheçamos que devemos perdoar, para também sermos perdoados.


· Finalmente a quem não quer que voce esqueça, aquelas pessoas que voce contaminou, eles tomaram para eles a ofensa. De modo geral para eles é mais dificil porque receberam a ofensa indiretamente, por isto não nos surpreendamos com aqueles amigos que contaminamos e ficaram irados conosco porque vnós pela graça de Deus perdoamos o ofensor e estamos livre de sua amargura.

· O perdao não absolve o ofensor da pena correspondente ao seu pecado. o castigo está nas maos de Deus ou das leis humanas. Em Sl 103:6 "Deus faz justiça a todos os oprimidos". E emRm 13 nos diz quem "há os magistrados agindo como Espada de Deus".


· O perdão não é um recibo que se dá depois que o ofensor pagou, se não perdoamos o tanto quanto a pessoa mereça estamos ainda guardando rancor.


· O perdao não necessariamente precisa ser um ato conhecido do ofensor. Perdoar o mal que o ofensor realizou mesmo que ele não mereça é uma oportunidade para entender melhor como Cristo pode me perdoar. Rm 5:8. "Mas Deus prova o Seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores".


· O perdao deve ser imediato, Deus conhece a intenção do nosso coração, não causemos mais sofrimento, perdoemos imediatamente. O que confessa o seu pecado e deixa alcançará misericórdia.


· O perdao deve ser contínuo, devemos perdoar continuamente,Mt 18:22, nos diz para perdoar até que se torne um estilo de vida. No casamento experimentamos ofensa continuas, entre pais e filhos, patrões e empregados. Devemos Perdoar 70 x 7, ou seja o Perdão deve ser o nosso estilo de vida, sempre prontos a perdoar, porque também fomos perdoados.


· O perdao deve marcar um ponto final. Perdoar significa esquecer, não é uma aminésia espiritural mas curar a ferida. Satanas vai voltar e nos lembrar, mas se tivermos perdoado é possivel esquecer, sendo que o nosso Deus vai ser glorificado e o inimigo envergonhado, porque ele sabe que tem pouco tempo e em breve Cristo Jesus voltará para reinar sobre este Planeta.

Perdoar é a única maneira de consertar o passado. Não podemos mudar o ocorrido, não podemos mudar as coisas que aconteceram, mas podemos perdoar e deixar nas mãos do Senhor nosso Deus, Ele é digno.


texto selecionado


irmãos em Rio Grande, RS..

11 comentários:

  1. Oi pastor. Gostei mto desse estudo sobre amargura. Bem profundo. Eu tenho um estudo sobre inveja. Fiz esse estudo com base na minha libertação pessoal. Se vc quiser te mando pra vc repassar. Abraços. analinerejane@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. eu perdoei mas tenho aversão do que me fizeram

    ResponderExcluir
  3. meu marido arrumou duas amantes fazendo com que eu me desviasse, Arrumei outro marido e este ficou com minha duas filhas levando a familia a juizo humano. Estou perdida por ter perdoado a minha segunda familia pastor? pois menti perante Juízo, e embora me arrependo, não tenho mais como voltar atrás.

    ResponderExcluir
  4. Por favor me responde? Eu sei que a culpa não é de Deus, mas de satanas que desde de que eu era pequena tenta me destruir.

    ResponderExcluir
  5. Eu estou lutando,buscando a Deus para me libertar deste sentimento.
    Sou um homem que procura buscar o correto,já sofri muitas críticas destrutivas.Sei que não é fácil,meus irmãos me ironizam,pois,me mantenho de pé,eu peço a Deus para ser mais leve.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou certo de me afastar destas pessoas?

    ResponderExcluir
  7. Eu estou certo de me afastar destas pessoas?

    ResponderExcluir
  8. Graça e Paz.

    Amado irmão que compartilhou essa porção acima a respeito da raiz de amargura, esse pecado tão sutil. Gostaria de poder ter um contato pessoal para trocarmos algumas informações, será que é possível?
    Segue o meu email, e em Nome de Jesus, fico no aguardo de algum contato.
    servodejesus30@gmail.com

    Att
    Leonardo Castro

    ResponderExcluir